Escolha a fonte mais
confortável pra você:

Ative o modo noturno:

Como evitar Haters? Aprenda a transformá-los em seus aliados!

Na sua vida tem aquelas pessoas que costumam implicar com tudo? Parabéns, você tem haters!

haters

 

De modo geral, hater é o nome dado para alguém que conspira contra você.

ELE ESTÁ POR TODA PARTE!

Não é exagero.

Ele realmente pode estar em qualquer lugar, seja um espaço físico ou virtual.

É aquele “bicho papão” que fica debaixo da cama só esperando você colocar o pé para fora.

Mas como identificar um hater? Tem como evitá-lo?

As respostas para estas e outras perguntas você encontra aqui neste artigo!

 

Onde vivem? Do que se alimentam? Como sobrevivem?

 

filme meninas malvadas

Hater é o mal figura de gente, parece um seguidor egoísta, traiçoeiro e descarado, mas na verdade ele é muito, muito mais que isso.

É a abelha rainha, estrela, os outros seguidores são apenas os zangões que o acompanham.

Hater… Como é que eu posso explicar o que é um Hater?

O termo é derivado do inglês “hate”, que significa ódio.

Essa nomeação surgiu na internet para classificar os usuários que agem como “odiadores profissionais”.

Mas não pense que é fácil assim identificar um deles.

É comum confundi-lo com um seguidor irritado, por exemplo.

Tome muito cuidado!

Um seguidor irritado é apenas um hater em potencial.

Tipo um “Lead do terror”.

Ele ainda não tem ódio da sua empresa, mas se você não resolver a situação dele, muito provavelmente se tornará um.

 

Existem 2 principais tipos de haters:

  1. Fakes

São contas falsas usadas com propósito de atacar e/ou agredir virtualmente personalidades, marcas ou até mesmo pessoas comuns.

Neste caso, a melhor solução é denunciar o perfil fake o mais rápido possível.

Certas vezes, a intervenção da polícia pode ser necessária.

Assim terá como encontrar o usuário e aplicar medidas de proteção à sua conta e empresa.

Como o que aconteceu com Carolina Dieckmann em 2012.

A atriz foi chantageada em troca de dinheiro, tudo porque hackearam o celular dela e disseram que iriam publicar fotos íntimas da mesma.

Por isso, nunca tente resolver o assunto sozinho(a) e use serviços de segurança para garantir a sua privacidade.

  1. Concorrente

Este segundo tipo é bem parecido com o primeiro.

A grande diferença está na motivação.

Aqui o ódio não é o principal motivo para ser hater.

O fundamento agora é outro…

O medo!

É quando uma empresa tem receio das proporções da concorrência e começa a persegui-la.

Geralmente por sentir ameaça.

Pense bem…

Se tem algum concorrente sedento para te atingir, isso quer dizer que você é maior que ele ou, no mínimo, está o incomodando.

Este é um bom sinal, pois significa que sua estratégia de vendas está funcionando.

Continue assim e reverta os comentários maldosos!

Esta disputa pode até ser saudável e gerar ainda mais engajamento para sua rede social.

É o que acontece com o Mc Donald’s e o Burger King.

Estas duas grandes marcas vivem se engalfinhando e o público adora!

Um caso bem famoso entre as duas foi quando o Burger King decidiu se fantasiar de McDonald’s para “assustar” os clientes.

mc donalds e burger king

Portanto, saiba também aproveitar a fama que um hater pode trazer e faça disso sua estratégia de comunicação.

 

Como evitá-lo?

É aquele ditado, né?

É melhor prevenir do que remediar!

A gente sabe que não é fácil se livrar daquela pessoa inconveniente, maaasss…

Ignorar também não é a solução.

Então o que fazer?

Simples, transforme-o em aliado!

Como eu disse, não será um trabalho fácil, mas com certeza recompensador.

Siga essas dicas valiosas que separei para você e evite-o:

  • Bloquear é pior! ?

Ao bloquear um usuário ou excluir o comentário, você atiçará o “Taz-Mania” dele.

Lembra deste desenho?

Com certeza este personagem tinha forte personalidade!

O Taz é o lado mais nervoso de um hater.

Você não vai querer irritá-lo.

  • Olha o Spam! ❌

Não mande muitos links para seus seguidores!

Ninguém gosta de receber propaganda o tempo inteiro.

Seja sútil em sua comunicação.

  • Seja fofinho(a)! ❤️

Como ser ignorante com alguém que está querendo te ajudar?

Não tem como!

No mínimo, a pessoa vai se sentir mal por ter te tratado de forma grosseira.

Logo…

Ser simpático(a) e mostrar que está realmente disposto a fazer tudo para que seu cliente esteja satisfeito, é a melhor resposta!

Humanize sua marca e aprenda a ser amigo do seu público!

  • Confie no seu negócio! ?

Você precisa acreditar que está realmente ajudando pessoas!

A confiança é o primeiro passo para sua marca se tonar relevante.

Essa é a chave para persuadir alguém.

Seu produto/serviço é o que faltava na vida das pessoas.

 

Uma vez hater, sempre hater?

 

haters

“Tenho haters e agora, Geo?”

Calma!

O mundo não vai acabar por isso!

Já que não dá pra prevenir, vamos remediar.

Vou te contar um segredinho para reverter esta situação.

Analisa comigo…

É bem típico dos haters ter opinião formada sobre tudo e fazer questão de expressá-la.

Mesmo quando não é solicitada rsrs

Então, primeiramente, não seja autoritário(a)!

Veja direitinho o que ele tem a dizer e use da psicologia reversa.

Esta é uma tática em que o objetivo é apresentado de forma contrária ao que realmente se deseja.

“Como assim, Geo?”

Você quer se livrar dele, mas vai agir como se o quisesse por perto.

Dê atenção!

Assim ele se sentirá importante.

Converse, apresente-se e venda seu produto/serviço discretamente.

Será uma questão de tempo até ele começar a simpatizar com a sua marca e passa a valorizá-la.

 

Dica que salva!?

Não guarde as críticas para você!

Sendo assim, separe o pessoal do profissional.

Em estudo, feito por pesquisadores da Universidade Case Western Reserve e da Free University de Amsterdam, foi descoberto que estamos mais inclinados a guardar críticas negativas do que as positivas.

Use-as ao seu favor e evolua!

 

E aí? Gostou?

Você já foi um hater? Me conta nos comentários!

É isto! Até a próxima conversa! 🙂

13 de julho, 2018
Avalie este artigo
Total: 9 Média: 3.7
Geovana Moura
Geovana Moura
Oi, pode me chamar de Geo, tenho 21 anos de idade, sou redatora copywriter aqui do GG, apaixonada por neuromarketing e piadas sem graça.
Ver todos os posts