Escolha a fonte mais
confortável pra você:

Ative o modo noturno:

7 Dicas de como ser um bom vendedor e bater metas todos os dias

7 Dicas de como ser um bom vendedor e bater metas todos os dias

Aprender como ser um bom vendedor pode ser um dos passos mais importantes para suas estratégias de marketing. Por isso, neste post, vou te mostrar as melhores dicas para você se tornar imbatível em seus momentos de venda.

Como ser um bom vendedor?

Há quem diga que vender é uma arte, ou até mesmo um dom.

Há quem diga que vender é simplesmente saber persuadir, ou até mesmo ter dinheiro para investir.

Por fim, há quem diga que vender é saber ser persistente, paciente e humano.

O caso é: as três afirmações estão corretas, mas é preciso saber administrar cada uma delas.

No entanto, do que adianta ter um dom incrível de persuasão se você não souber esperar o tempo certo de cada coisa?

Do que adianta ter um mundo de dinheiro se você não souber investir?

Pois é!

A melhor qualidade de um bom vendedor é justamente entender o que pode ser oferecido e como alcançar o público certo.

Embora pareça difícil, quando você se empenha tudo sai como o planejado e, muitas vezes, até melhor.

Por isso, para te ajudar a ser um mestre no empreendedorismo, eu vou te mostrar 7 dicas de como ser um bom vendedor e bater todas as metas.

Teste grátis no Gerenciagram

  1. Faça networking

Ter uma rede de contato é fundamental no mundo das vendas.

Networking te ajuda a criar laços profissionais que te ajudarão a alavancar o seu negócio. Além disso, te auxiliará na geração de novos projetos.

A teoria do Small World Problem diz que nós estamos a seis pessoas de distância de qualquer outra no mundo.

Estar com pessoas inspiradoras pode ser a sua grande oportunidade para aprimorar suas ideias e fazer com que o seu potencial criativo cresça.

Esse tipo de contato com outras vivências abrirá sua mente para coisas que, até outrora, estavam inexistentes na sua imaginação.

E, se você está começando no mundo do empreendedorismo, buscar pessoas com a mesma visão que a sua é o grande pontapé inicial que faltava para o nascimento de um grande projeto.

Quem nunca teve vontade de ir para aquela cidade ou país dos sonhos e só conseguiu ir quando se planejou com a ajuda de amigos, não é mesmo?

É aquela velha história de que uma mão lava a outra.

Por isso, converse com pessoas e faça parcerias de negócios.

  1. Elabore estratégias

Pra começar, você precisa entender que estratégias é totalmente diferente de técnicas.

As técnicas são as habilidades que você possui e usará para determinadas funções.

Enquanto as estratégias se definem como um direcionamento que você dará as suas ações, baseadas em metas e em como tudo será feito.

Se você ainda está no início de tudo, pode começar com os princípios básicos de planejamento, como:

  • Encontrar clientes em potencial (leads);
  • Conquistar esses clientes em potencial;
  • Manter essas pessoas fiéis à sua empresa;
  • Aumentar as vendas.

Por isso, para começar a sua estratégia de como ser um bom vendedor, você precisa entender os processos da venda: encontrar, conquistar, manter e vender mais.

Bom, para facilitar ainda mais, vou te explicar melhor sobre cada processo da estratégia básica.

Encontrando os leads (clientes em potencial)

Nesta fase inicial, você pode começar atraindo pessoas através das mídias. Fazer concursos/sorteios e promoções podem fazer parte do processo.

Você precisa ser visto para que as pessoas te conheçam e queiram saber mais sobre o que você faz.

Para isso, você precisa investir, principalmente, nas redes sociais, que são o grande ponto de encontro de pessoas hoje em dia.

Por lá, é possível passar os seus valores como marca, dizer o que você faz e oferecer seus produtos e serviços de forma gratuita.

Temos um artigo que pode te ajudar: Clique aqui e saiba como promover a sua marca no Instagram.

Transformando leads em compradores

Este é um tópico importante sobre como ser um bom vendedor.

Pois agora que você já conseguiu atrair os seus clientes, você precisa elaborar as boas-vindas.

O que será apresentado? O que será oferecido? Como será entregue?

Essa é a hora de mostrar que valeu a pena o voto de confiança e que os seus produtos e serviços suprem as necessidades das pessoas que te procuraram.

Neste momento, será preciso usar as técnicas de vendas. Por isso, se coloque no lugar do cliente e entenda.

Bons vendedores são melhores ouvindo do que falando. Além disso, bons vendedores não obrigam ninguém a comprar nada, mas convencem as pessoas que aquilo pode ser essencial na vida delas.

Mantendo os clientes

Esta é a hora do marketing de relacionamento, em que você vai precisar ter estratégias para manter o seu cliente entretido e fiel à sua empresa.

Para isso, você vai precisar conhecer – muito bem – quem são as pessoas que compram de você e te acompanham.

Com isso, pense que você não pode deixar de oferecer novos produtos, no momento certo, na hora certa, pelo canal certo e pelo preço certo.

Dessa forma, você consegue superar as expectativas dos seus clientes, fazendo com que eles percebam que a sua empresa se preocupa e está sempre por dentro do que cada um precisa, oferecendo as melhores soluções.

Sendo assim, conheça o seu público e cative-os.

Aumentando as vendas

Aqui, você pode alinhar-se ao subtópico anterior, pois será daquela forma que você conseguirá manter suas vendas.

O grande objetivo é tornar os seus clientes leais. Fidelize cada um deles.

Você deve manter as pessoas que admiram sua empresa e que estão sempre buscando por soluções que você pode dar.

Por isso, busque sempre se inovar.

  1. Escute seus clientes

Seus clientes são o maior patrimônio que a sua empresa pode ter.

Há quem diga que eles podem ser a causa da sua ascensão ou do seu declínio. É a presença do cliente que garante a continuidade das atividades da sua empresa.

Por isso, saber o que ele pensa, o que deseja, como se sente, qual o nível de satisfação, se vai ou não continuar a adquirir os seus produtos e serviços, é muito importante para manter a qualidade da sua empresa.

E você só descobrirá isso tudo ouvindo-os.

Ouvir clientes faz com que você demonstre empatia e que sua empresa é humana e aceita as críticas, boas ou ruins, a fim de melhorar.

Os benefícios desta ação são:

  • Permite identificar oportunidades de negócios;
  • Permite fidelizar clientes;
  • Permite descobrir prioridades para melhorias;
  • Permite inovações;
  • Mede a percepção e a qualidade dos seus produtos e serviços;
  • Permite observar como você está em relação aos seus concorrentes.

Entre muitos outros.

Este é um olhar estratégico sobre investimento e que pode levar inúmeros resultados para o seu negócio.

  1. Seja humano

Este tópico casa com o anterior, devido ao processo de tornar a sua marca humana.

Como apontei anteriormente, ouvir os clientes é apenas um dos passos de humanização de uma empresa.

Isso te leva a uma inteligência social, que quer dizer que você tem a capacidade de lidar com a diversidade e com os vários tipos de comportamento dos consumidores.

Ou seja, você, como uma organização, deve buscar pautar valores sólidos, que reflitam sobre seus propósitos para que seus clientes consigam se identificar com o que você apresenta.

Mas você precisa estar atento à forma como deseja passar uma imagem para o público.

Andreza Capelo, analista de marketing do Sebrae, falou que “especialistas confirmam que uma marca não é o que ela diz de si própria, mas o que os consumidores falam dela. Nesse sentido, as marcas humanizadas fogem da armadilha de falar o tempo todo de seus produtos e serviços, dedicando espaço também a questões do interesse dos seus públicos, bem como às causas que abraçam”.

Isso quer dizer que você precisa buscar a cultura organizacional da sua empresa e no relacionamento com o público, mostrar para as pessoas que você está ali por um propósito e não somente pelo lucro.

Descubra quais são os valores relevantes para os seus clientes. Entenda como eles veem o mundo e como você pode contribuir para aumentar esses aspectos em cada um.

Conte histórias, converse com o seu público, mostre que você também erra e que tudo bem não ser perfeito, permita que os seus clientes opinem e influenciem no desenvolvimento da sua empresa.

  1. Tenha metas e objetivos

É natural do ser humano ter metas e objetivos. Um carro, uma casa, ir à Disney (meu caso), uma pontuação melhor no Uber, entre outras coisas.

São eles que darão o gás para o seu negócio. Ter sempre uma meta faz com que o seu negócio não fique estagnado.

Andar junto ao que você deseja é o início de um caminho para o sucesso – isso serve tanto para o profissional quanto para o pessoal.

Sem contar que, ao estabelecer metas e objetivos, é possível tornar sua percepção de melhoria e futuro ainda mais aguçada.

Para isso, você precisará conhecer o seu negócio, entender como tudo funciona e começar a delimitar quais são os seus objetivos.

Vale ressaltar que é importante que você trace meta reais e alcançáveis.

  1. Nunca pare de aprender

Bom, conhecimento nunca é demais.

E, se você deseja ser um profissional cada vez melhor, aprender pode ser o grande alicerce do seu empreendimento.

Nunca deixe de aprender, pois não será da noite para o dia que você terá o conhecimento necessário sobre como ser um bom vendedor.

Hoje em dia, temos acesso a uma gama de conteúdo e informação que pode nos ajudar a sermos cada vez mais capacitados, profissionais e até melhores como pessoas.

Será através de novas informações que você descobrirá como atingir os diversos públicos e como fazer isso de forma precisa.

Aprender é uma atividade revolucionária, por isso, nunca deixe de adquirir conhecimento.

  1. Busque sempre por autenticidade

A autenticidade pode fazer com que você chegue a lugares em que outras pessoas nunca chegaram, nem nunca chegarão.

Você deve pegar as suas maiores qualidades e transformá-las em formas de aproximação e persuasão.

O que as pessoas mais gostam em você? O que te aproxima das pessoas? O que te torna diferente?

As diferenças aproximam as pessoas e te torna uma pessoa única e cheia de particularidades.

Use isso ao seu favor na hora de conversar com os seus clientes.

Teste grátis no Gerenciagram

Gostou das dicas de como ser um bom vendedor?

Muito obrigado por ter chegado até aqui.

Agora que você já sabe as melhores dicas de como ser um bom vendedor, anote tudo e seja o melhor de todos, beleza?

Aproveita e deixa aqui nos comentários se você sabe de alguma outra dica e o que você achou do conteúdo.

Até qualquer hora.

12 de agosto, 2019
Avalie este artigo
Total: 0 Média: 0
Tiago Mascarenhas
Tiago Mascarenhas
Estudante de Jornalismo e apaixonado por Marketing de Conteúdo e Cultura Pop.
Ver todos os posts