Escolha a fonte mais
confortável pra você:

Ative o modo noturno:

como se tornar um digital influencer no instagram

Descubra quais são as vantagens em saber como se tornar um Digital Influencer no Instagram

Você já deve ter ouvido falar ou se perguntado como se tornar um digital influencer no Instagram. Hoje em dia existem muitos jovens se tornando uma pessoa influente nas redes sociais, seja por causa do Instagram, Youtube ou ambos.

Inclusive, grandes marcas têm apostado nessas influências digitais de poucos anos para cá e o sucesso dessa galera tem conquistado os olhares e curiosidades dos mais jovens que querem ser reconhecidos pelo que fazem ou, simplesmente, porque desejam viver grandes experiências fazendo o que gostam e ganhando para isso.

Uma curiosidade que muitos não devem saber é que existem até digitais influencers virtuais. São robôs criados para entreter.

Como é o caso da Lil Miquela, modelo e digital influencer criada por uma empresa do Vale do Silício, que faz grande sucesso nos Estados Unidos por postar foto com celebridades nas melhores festas de Los Angeles e apoiar causas sociais.

A internet proporciona grande oportunidades até para quem não é real. Isso é incrível, não acha?

Aposto que você é uma dessas pessoas que deseja saber o segredo de tanto sucesso e como se tornar um digital influencer também, acertei? Claro que acertei, se não você não estaria aqui. rsrs

Bom! É para isso que estou aqui, para informar a você um pouco desse universo e quais estratégias são usadas pelos grandes influencers para conquistar o público e ser convidado pelas marcas a fazerem suas campanhas.

Continue comigo e aprenda um pouco mais sobre esse universo e como se tornar um digital influencer no Instagram.

 

 

 O que é digital influencer?

 

Digital Influencer é uma termo em inglês que traduzindo fica “influenciador digital”.  Os mais conhecidos são, geralmente, os que possuem bastante seguidores, são mais procurados pelas marcas.

Digital Influencer são, basicamente, pessoas que conquistaram muitos fãs/seguidores em determinadas redes sociais, como o Instagram, por exemplo, e, por isso, tem um grande poder de influência na vida de quem os cerca, sejam em suas opiniões, estilo e hábitos.

Tudo o que vestem, falam, comem, assistem, pode influenciar a outros a fazerem o mesmo. E é por isso que grandes marcas contratam essas pessoas para serem seus “garotos” ou “garotas” propaganda.

Digital Influencer, geralmente, tem um nicho específico. Por exemplo, o Whindersson Nunes é um Youtuber que tem o poder de influência a partir de seu humor. Ele produz conteúdos humorísticos e cativa o povo através disso.

Maju Trindade é uma youtuber e digital influencer pelo seus trabalhos como modelo, então, seu público a acompanha pelas seu estilo de vida, suas roupas. Não é atoa que a mesma lançou uma loja de vestuário inspirada nas peças que usa.

Por sua grande influência, muitas marcas a procuram para modelar ou mandam seus produtos para que a mesma possa testar e falar bem nas redes sociais.

A Rayza Nicácio fala sobre moda, maquiagem e sempre focando em seus cachos, empoderamento da mulher negra. Por isso, já foi embaixadora da Seda junto com outras youtubers do mesmo nicho que o seu. Participou de propagandas para produtos de cabelos cacheados, entre outros.

Somente alguns desses influenciadores falando sobre determinada marca ou produto, já causa um grande impacto e as vendas crescem drasticamente, pois 74% das pessoas usam as redes sociais para tomar decisões antes de comprarem.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Governo Brasileiro, 89% dos brasileiros possuem um smartphone e 56% deles tem acesso a internet. E as estatísticas só vem aumentando.

As pessoas passam mais tempo conectadas do que assistindo a TV, hoje em dia. Então, o poder de influência que a internet tem sob essas pessoas é absurdamente grande.

 

Início de tudo

Surgimento dos chamados Youtubers (que antes não eram chamados assim) e o início de tudo. Felipe Neto e PC Siqueira foram alguns dos primeiros a fazerem vídeos de entretenimento para o YouTube.

Anos depois que começaram a chamar esses produtores de conteúdo em vídeo de Youtubers. As marcas perceberam o quão poderosa era a influência deles na vida das pessoas, e começaram a investir.

Muitos, hoje, têm patrocínio com grandes marcas ou apenas são pagos para fazerem determinados comerciais na TV ou para a internet.

E o melhor e que muitos gostariam é participar de eventos importantes e receber os famosos “mimos”.

Vai me dizer que você não iria querer?

Os Youtubers que citei acima ainda são grandes influenciadores, mas quem tomou o espaço deles um tempo depois, fazendo vídeos caseiros e humorísticos foi o Whindersson Nunes.

Hoje, o Whindersson possui mais de 32 milhões de inscritos em seu canal no YouTube e mais de 27 milhões de inscritos em seu perfil do Instagra.

Esse jovem influencia muita gente aqui no Brasil, como pode perceber. Por isso, muitas marcas o querem como garoto propaganda.

Agora vamos falar de um assunto que interessa a você muito mais do que saber quantos inscritos tem cada YouTuber que é como ser um digital influencer no Instagram. Já que o Instagram é “A” rede social do momento.

Mas antes, vocês sabem quem são os 10 influenciadores digitais no Brasil através do Instagram? Vamos ver agora.

 

09 Digitais Influencers no Instagram

 

De acordo com o site Oficina da Net, essas são os 10 Digitais Influencers no Instagram até o momento.

Isso quer dizer, que outros podem tomar o lugar deles.

Vimos que Whindersson domina a liderança do YouTube brasileiro com seus mais de 32 milhões de Inscritos. Mas no Instagram já é outro jovem do futebol que está com a bola da vez.

Vamos acompanhar em ordem decrescente:

 

Daniel Alves – 23,5 milhões de seguidores

View this post on Instagram

“Mundo animal” #GoodCrazyMood🐯

A post shared by DanialvesD2 My Twitter (@danialves) on

 

Ivete Sangalo – 26,3 milhões de seguidores

Tatá Werneck – 29,5 milhões de seguidores

View this post on Instagram

Só atravesso a rua com fotógrafo

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

 

Whindersson Nunes – 29,8 milhões de seguidores

 

Marina Ruy Barbosa – 31,3 milhões de seguidores

 

Anitta – 36,1 milhões de seguidores

 

Marcelo – 36,2 milhões de seguidores

View this post on Instagram

Happiness 😜💪🏾 #M12

A post shared by Marcelo Vieira Jr. (@marcelotwelve) on

 

Ronaldinho Gaúcho – 42,9 milhões de seguidores

View this post on Instagram

@flamengo 🤙🏾🔴⚫

A post shared by Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) on

 

Neymar Jr. – 112 milhões de seguidores

 

Quanto ganha um digital influencer?

 

Esses valores variam de acordo com a rede social, com quantos seguidores, inscritos a pessoa tiver.

Mas já que estamos falando de Instagram. Para quem tem por volta de 100 mil seguidores, o influenciador ganha 5 a 10 mil reais por publicação.

E como envolve dinheiro, você e a parte que irá contratar seu serviço precisam assinar um termo e registrar em cartório. Tudo bonitinho e correto conforme manda a lei para que não haja dores de cabeça futuramente. Tanto para você quanto para a empresa.

Me refiro a assinatura de termos mesmo que a venda de seus serviços seja apenas patrocínio, contrato, parceria ou permuta. Então, fique ligado!

 

Como ser um digital influencer?

 

Esteja presente em outras plataformas

Muitos digitais influencers surgiram através de blog, canais no Youtube, SnapChat, entre outros. Por isso, é bom que esteja presente em outras plataformas digitais além do Instagram.

Outra dica importante sobre isso é: mantenha seu nome o mesmo em todas as redes, seja Twitter, IG, Facebook.

Com isso, irá facilitar as pessoas de encontrarem você onde quer que procurem.

 

Faça muitos stories

Você sabia que um brasileiro domina o segundo lugar ranking mundial de stories mais vistos no mundo? Pois é! Perde apenas para a Kim Kardashian. Uma socialite americana.

Este brasileiro a quem me refiro é o Carlinhos Maia. O rapaz saiu em muitos sites de notícia sobre esse ranking mundial. Será que ele faz bastante stories?

Você pode se inspirar nele para fazer storires criativos.

O stories é uma função do Instagram que hoje tem tanta importância quanto um post, se não mais.

Por isso, é bom que usufrua bastante para conquistar novos públicos.

 

Seja espontâneo

E não adianta fazer tanto stories se você não for uma pessoa espontânea, carismática e que conquista facilmente as pessoas, não é mesmo?

Por isso, veja se a maneira como está interagindo com o público está agradando as pessoas e atraindo-as ao invés de repelir.

Uma boa maneira de analisar isto é pelo Instagram Insights, que mostra o engajamento de seus posts tanto no seu feed quanto no stories.

Mas para isso, precisa ativar o perfil comercial, caso não tenha feito isso ainda, eu recomendo.

 

Vantagens:

 

Não podemos falar sobre um assunto tão abrangente e bem procurado sem falar das suas vantagens, não acha?

 

Liberdade editorial

O interessante de ser um digital influencer é que você é o diretor da sua própria linha editorial – desculpe-me os termos jornalísticos.

Mas o que eu quero dizer com isso é que você pode escolher sobre o que quer falar, qual será sua pauta do dia, qual informação deseja passar e quando passar (assunto do próximo tópico).

 

Agenda flexível

Além de ter liberdade para abordar o assunto que desejar, o influenciador digital é também seu próprio produtor de conteúdo. Por isso, pode ter uma agenda flexível.

Marcar e fazer seus afazeres quando e onde quiser. Claro que tem algumas exceções de pessoas que tem toda uma equipe que faz tudo isso. Mas logo de inicio, você pode fazer toda a sua agenda.

E não se esqueça, deixe um tempo ou um dia na semana reservado para você. Sem trabalhos. Apenas um dia para você descansar.

Está achando que digital influencer não trabalha e não precisa de um dia de descansou? Achou errado!

 

Acesso a experiências

Viagens, eventos, parcerias, vídeos (para quem é youtuber também). São muitas experiências que os digitais influencers tem acesso durante sua jornada.

Conhecem pessoas importantes em diversas áreas, vão para lugares incríveis – como o Castanhari, por exemplo, que foi até Chernobyl e contou um pouco da história do local para quem não conhecia e ainda teve a oportunidade de estar no local onde toda a tragédia ocorreu.

Então, ter acesso a experiências é uma grande vantagem no mundo dos influenciadores digitais.

 

Desvantagens:

 

Mas onde tem vantagens há desvantagens também. Como tudo em nossas vidas. Por isso, vou apontar 3 desvantagens que os digitais influencers tem.

 

Passar menos tempo com a família

Se você achou que eu estava brincando quando falei anteriormente sobre ter um dia ou um tempo para descansar era importante, você está enganado.

Tem muitos digitais influencers que mal veem a família ou amigos com tantos trabalhos, eventos, viagens que precisam ir ou fazer.

Se ocupam demais, lotam sua agendas e perdem momentos que poderia passar curtindo também – Não que todas as programações que fazem não sejam divertidas. Mas você entendeu, certo? (risos)

 

Haters

Nós, meros mortais, temos haters de pessoas que não gostam de nós somente pelo simples fato de existirmos ou respirarmos, imagina os influenciadores digitais que estão “vulneráveis” e são vistos mesmo quando não querem.

Um hater é basicamente alguém que insulta ou postam comentários de ódio para outros sem ao menos conhecerem, apenas por soltar mesmo, não tem um fundamento.

Então, o segredo é ignorar ou fazer como a Bruna Marquezine e responder a estes haters com classe, sem descer o nível ou se igualar a eles – já que é o que querem com isso. Simplesmente, atenção.

 

Falta de privacidade

Como eu disse antes, os digitais influencers estão sendo vigiados por tudo e todos. Os tabloides, sites de fofoca ou até pessoas comuns mesmo, esperam qualquer deslize para publicar algo desagradável.

E os fãs? Alguns fãs não respeitam a privacidade de seus ídolos e querem tirar foto em todos os lugares. Muitos até descobrem onde a pessoa mora ou seguem nos lugares.

Por isso, é preciso saber lidar com essas pessoas. Tentar não soar grosseiro, mas exigir privacidade de vez em quando não mata ninguém e os outros – os mais sensatos, podem te ajudar com isso, lhe dando razão.

 

Agora que você já sabe como se tornar um digital influencer no Instagram, não perca tempo e faça seu marketing pessoal (emoji de óculos escuro).

Espero que tenha gostado deste artigo e que seja bastante útil para você. Aproveita que já está aqui e deixa sua avaliação – não vale menos que 5 estrelas, ein rsrs

Ah! E comenta aqui embaixo se você tem alguma dica a acrescentar para as pessoas saberem o que podem fazer a mais para ser um digital influencer.

Até breve! =D

4 de janeiro, 2019
Avalie este artigo
Total: 19 Média: 4.2
Mísia Karoline
Mísia Karoline
21 anos, redatora e estudante de Jornalismo.
Ver todos os posts