Escolha a fonte mais
confortável pra você:

Ative o modo noturno:

Como montar um e-commerce no Instagram

Como montar um e-commerce no Instagram: 10 mandamentos do triunfo

Ter a própria loja online é a oportunidade de crescer que muitos empresários almejam e atrelar isso a uma rede social pode ser um verdadeiro sonho. O problema é saber como montar um e-commerce no Instagram, mas eu tenho a solução e irei te ensinar a melhor forma de alcançar seus objetivos na web.

As redes sociais são um verdadeiro sucesso e, seja lá qual for o seu público, muito provavelmente, ele está na internet.

O Instagram já passou da marca de 1 bilhão de usuários e, por isso, é considerado uma das plataformas de comunicação que mais crescem no mundo.

Essa grande quantidade de pessoas engajadas na rede geram duas principais consequências, uma negativa e a outra positiva.

O ponto positivo é que essa pode ser, finalmente, a oportunidade da sua empresa ter a visibilidade que você tanto sonha.

No entanto, o ponto negativo é que essa oportunidade não é exclusiva do seu negócio, a sua concorrência também pode se aproveitar deste recurso.

Porém, sabe o que você tem que eles não têm? EU!

Até que eu poderia ser humilde, mas eu e você somos a parceria perfeita! Vamos fazer um acordo? Te darei todas as dicas primordiais para o seu desenvolvimento e em troca eu só quero reconhecimento.

Acredito no seu potencial! Então, vamos começar?

 

Como montar um e-commerce no Instagram

 

Como montar um e-commerce no Instagram: 10 mandamentos do triunfo

 

1. A sua empresa não é você

Como montar um e-commerce no Instagram

Parece óbvio, mas ainda é bem comum encontrar empresários misturando o pessoal com o profissional.

E você sabe qual o resultado disso? Genialidade fracassada!

Steve Jobs certa vez disse: “O tempo, a energia e o talento podem ser mais importantes do que o orçamento.”.

Guarde essas palavras e as leve para tudo em sua vida!

Investir seu tempo e energia em algo é valorizar o talento que você tem e que apenas precisa ser lapidado.

Desta forma, você saberá seus objetivos e deixará o caminho que deve ser seguido muito mais claro.

Então a minha primeira dica de como montar um e-commerce no Instagram é: foque nas suas metas e, para que não haja dúvidas, o único vínculo que o seu profissional deve ter com o pessoal é a força de vontade.

Portanto, comece transformando o perfil da sua empresa no Instagram em uma conta comercial.

Assim, todos irão reconhecer que de fato é uma empresa com propósitos sérios e comprometida com a qualidade ofertada.

Além do mais, você ainda terá acesso a várias métricas importantes que serão usadas para que você tenha base para calcular seu avanço.

Clique aqui para aprender como ativar o modo comercial do Instagram e aproveitar as infinidades de vantagens.

 

2. A sua estratégia é um ciclo de fora para dentro

Como montar um e-commerce no Instagram

Traçar a estratégia de um empreendimento não é tarefa fácil, mas, comigo é assim, missão dada é missão concluída com êxito!

Agora que a “brincadeira” começa a ficar divertida…

Eu te disse que uma empresa não é você, e sabe o melhor jeito de perceber isso e as vantagens que essa percepção traz?

Exatamente nesta segunda etapa!

Quando você sentar para criar sua estratégia de divulgação, terá que pensar em 3 fatores:

 

  • Para quem você fala?

As pessoas não compram mais por simplesmente terem a necessidade de algum produto ou serviço.

A livre concorrência deixou os consumidores ainda mais exigentes, não apenas com a qualidade, mas também com o valor agregado na compra.

Não estamos mais falando de preço, o ponto chave aqui é saber não somente o que de fato a sua audiência deseja, mas também o que está por trás desse querer.

Faça pesquisas para conhecê-lo a fundo!

 

  • O que você fala?

Depois de conhecer seu público, você deve aprender tudo sobre o que eles gostam.

Vamos supor que a sua loja venda roupas, claro que você irá expor combinações dos looks ofertados, mas é necessário que você sempre pense “Será que esta é a roupa que mais se encaixa com o meu público?”.

Os seus conteúdos devem ser referentes a sua marca e também a personalidade do seu target. Irei explicar melhor como gerenciar conteúdos mais para frente.

 

  • Como você fala?

Você já deve ter percebido, ao longo da sua vida, que o modo em que se diz algo influencia totalmente na interpretação do ouvinte.

Na internet não é diferente.

A forma que você apresenta a sua empresa no Instagram é responsável pela identificação e, consequentemente, afinidade com a mesma.

Se você se empenhar em estudos e consolidações através do branding, pode tornar-se um caso de lovemark.

Estes 3 fatores descritos aqui são decisivos na minha segunda dica de como montar um e-commerce no Instagram por serem exatamente o que você precisa saber para criar a persona da sua empresa.

Persona nada mais é do que a personalidade da marca, o que garante a aniquilação de haters , a conquista do amor dos seus seguidores e a quebra das objeções de vendas.

Então, em resumo, a sua estratégia deve ser pensada de fora para dentro e se renovar como em um ciclo, aperfeiçoando-se sempre.

 

3. Esteja por dentro das políticas comerciais da rede

Como montar um e-commerce no Instagram

Um pouquinho de burocracia é necessário.

Assim como tudo nessa vida, é preciso regras para que as coisas não fiquem muito soltas e você acabe perdendo ideias valiosas.

Deixe os seus objetivos bem amarrados e os enquadre de acordo com as políticas comerciais da rede social.

Este conjunto de normas serve para assegurar os seus direitos e delimitar espaços importantes de interação com a concorrência.

Além de tudo, o padrão de normas é uma lista que funciona com o intuito de que os comerciantes não estejam ligados a algo ilícito.

Sendo totalmente banida a veiculação de conteúdos que incorporem:

  • Drogas ilegais, prescritas ou recreativas;
  • Produtos para melhorar o desempenho sexual;
  • Itens ou produtos com posicionamento extremamente sexualizado;
  • Serviços de jogos de azar valendo dinheiro real;
  • Mercadorias, produtos ou publicações que possam ser ou que sejam fraudulentos, enganosos, ilusórios ou ofensivos;
  • Suplementos não seguros;
  • Armas, munições ou explosivos;

Clique aqui e veja a lista completa.

 

4. Conteúdo

Como montar um e-commerce no Instagram

Como eu prometi mais acima, vou te dizer como gerenciar seus conteúdos.

Já sabemos que a forma de linguagem diz mais do que se imagina sobre quem a marca quer impactar.

Antes de mais nada, você reconhece que, apesar de ter empresas, o Instagram é uma rede social, que por sua vez significa que as pessoas querem se comunicar e interagir, né?!

A venda massiva não é o melhor caminho para vender no Instagram. Clique aqui e aprenda 21 dicas práticas de marketing digital para você usar na rede.

Portanto, o que você deve oferecer é uma comunicação de verdade!

Os posts devem alternar entre oferta e relacionamento.

Desta forma, você pode até conseguir vender tendo apenas publicações de anúncios, no entanto, eu te garanto que se você aplicar essa terceira dica de gerenciamento, os resultados serão ainda maiores.

A Magazine Luiza, por exemplo, é uma ótima referência de postagens com conteúdo descontraído de uma persona bem traçada.

Então, procure dar sentimento para as postagens, o humor costuma dar certo, envolva sua audiência e lucre!

 

5. Frequência ideal de postagens

As blogueiras sabem o que quero dizer.

Calma, sei que parece loucura, mas ter uma frequência de postagens é essencial para conquistar novos seguidores no Instagram e eu vou te explicar o motivo.

A minha quinta instrução de como montar um e-commerce no Instagram é justamente sobre manter a regularidade de posts na rede e as vantagens que esta pequena ação causa.

Não existe uma quantidade certa de publicações, a frequência ideal varia de acordo com cada perfil. Então, irei te explicar como encontrar esta bendita!

Primeiramente, você terá que fazer alguns testes. Estipule um período para fazê-los, é recomendado que não passe de 3 meses.

Com 1 semana usando o Instagram insights, que faz parte do modo comercial do perfil, você já terá uma série de relatórios e dados disponíveis.

É exatamente aí que você terá acesso a detalhamentos de uso dos seus seguidores, ou seja, você saberá os dias e horários que eles mais interagem na rede. Por isso, use essas informações ao favor da sua empresa.

Feito tal análise e passado pelos testes, invista na harmonização das postagens.

Clique aqui para aprender como organizar o seu feed.

Esse fator é importante não apenas porque fica mais bonito de se olhar, mas porque os visitantes do seu perfil irão sentir conforto ao rolarem pelo seu perfil.

Para você não ter que se preocupar em lembrar do publicar no horário que deseja, você pode agendar os posts através de ferramentas. 

Inclusive, no Gerenciagram, além de agendar publicações, você pode configurar do seu jeito e conquistar os clientes da concorrência.

Fechando, quero que nunca esqueça, a parte visual chama atenção e o conteúdo conquista, execute isso e você terá sucesso.

 

6. Melhore o desempenho da sua loja virtual

Como montar um e-commerce no Instagram

Ninguém gosta de ver as mesmas coisas o tempo inteiro.

A minha sexta instrução de como montar um e-commerce no Instagram é: tenha um padrão.

Você agora deve estar pensando que enlouqueci, como é que pode seguir um padrão e ao mesmo tempo não postar as mesmas coisas? Calma que você já vai entender.

Ter um padrão nada mais é do que ressaltar a sua identidade visual.

Ou seja, fazer uso de alguns elementos, visuais ou não, em suas publicações, apenas para que quando o usuário veja tal elemento em algum lugar, já tenha a conexão mental com a marca.

Atrelando essa característica a uma variedade de postagens, o seu engajamento tende a elevar.

Portanto, faça publicações diferentes, e mais:

 

7. Taggear para se mostrar

Como montar um e-commerce no Instagram

Você já tem um perfil comercial, conhece seu público, aprendeu a gerenciar os conteúdos, montou a estratégia, então segura essa novidade para facilitar seu crescimento.

Imagine que você quer muito comprar uma blusa, mas a legenda diz “Para mais informações, chama no direct” e quando você pergunta ainda tem uma resposta qualquer ou totalmente impessoal e robotizada.

Qual a satisfação de um cliente que precisa passar por esse processo para ter apenas uma informação tão simples?

Extremamente baixa!

Ele, certamente, terá uma má impressão da marca e pensará MUITO antes de efetuar uma compra.

Você, na posição de vendedor, precisa encurtar este caminho e ganhar a confiança logo de cara, te explico isso direitinho em breve aqui mesmo neste artigo, mais especificamente no próximo tópico.

Lembra que eu te disse que burocracia é necessária lá na instrução das regras? 

A minha sétima instrução de como montar um e-commerce no Instagram é justamente para você evitar as burocracias desnecessárias.

Todo o problema da situação hipotética, porém bem comum, que apresentei aqui, poderia ser resolvido com a indicação de preço na legenda ou na própria imagem de anúncio.

No entanto, em novas atualizações do Instagram, é permitido taggear imagens e vídeos com preços  e você pode comprar/vender sem sair da plataforma.

Ou seja, você pode etiquetar os produtos expostos, permitindo que os seus seguidores comprem na hora!

Desta forma, você aprenderá como montar um e-commerce no Instagram de maneira muito mais eficiente.

Não tem dificuldades, basta, quando você for editar para postar, tocar em “Marcar produtos”, preencher o que se pede, concluir e compartilhar.

No final do artigo te ensino mais detalhadamente dois truques que podem ser aproveitados com este recurso.

É importante salientar aqui que, para você ativar o mecanismo das etiquetas, terá que criar nove anúncios com o botão de compras.

 

8. Facilite o contato para a compra

Por falar em encurtar a jornada do consumidor até a compra…

Insira em sua estratégia atalhos de compra, ou seja, botões de redirecionamento para agilizar as vendas.

A minha oitava instrução de como montar um e-commerce no Instagram é: facilitar este processo.

Um atalho que funciona muito bem é usar o detalhamento da biografia, se você utilizar da maneira correta, claro.

Preencha a sua bio com o seu contato do whatsapp exclusivo da sua loja, email também exclusivo para atendimento, tenha velocidade em respostas, use links e, se possível, coloque o links direto para o whatsapp business.

Você ainda pode caprichar nas legendas, usar hashtags, inserir texto alternativo e impulsionar campanhas patrocinadas para encurtar ainda mais para o caminho para compra efetiva e tornam a sua conta mais relevante para o algoritmo. 

 

9. Para ativar as etiquetas dos produtos

  • Vá até o seu perfil;
  • Abra as configurações;
  • Toque em “Compras”;
  • Toque em “Continuar”;
  • Selecione o seu catálogo de produtos que queira conectar ao seu perfil comercial;
  • Conclua a ação.

 

10. Para marcar produtos nas suas publicações

  • Faça o percurso normal para publicações;
  • Selecione a imagem para o anúncio e edite-a com filtro, legenda, localização, etc.
  • Toque nos produtos que você deseja marcar na imagem;
  • Digite os respectivos nomes dos produtos do anúncio e selecione-os quando aparecerem na caixa de pesquisa;
  • Toque em “Concluir” e compartilhe o post.

 

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que você não deve fazer no Instagram:

 

E aí? Aprendeu como montar um e-commerce no Instagram?

 

Tem alguma dúvida ou dica? Deixa nos comentários!

Não se esqueça de avaliar este artigo caso ele tenha sido útil para você.

Até a próxima conversa! 🙂

14 de janeiro, 2019
Avalie este artigo
Total: 3 Média: 5
Geovana Moura
Geovana Moura
Oi, pode me chamar de Geo, tenho 21 anos de idade, sou redatora copywriter aqui do GG, apaixonada por neuromarketing e piadas sem graça.
Ver todos os posts